5 Dicas para pequenos negócios evitarem prejuízos

  • terça-feira, setembro 08, 2020
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments



Especialista do segmento de Alimentação Fora do Lar (AFL) dá dicas para ajudar os pequenos negócios 


Em São Paulo, os bares e restaurantes foram liberados para abertura gradativa no mês de julho. Mas, para retomada efetiva do setor, são necessárias diversas medidas. Em recente levantamento do instituto brasileiro de pesquisa Hibou, 58% dos brasileiros só irão a restaurantes sem aglomeração e 79,5% consideram condicional o uso de máscaras por toda a equipe de atendimento dos locais e serviços.


De acordo com a Ana Paula Coelho, CEO da Monte Carlo Alimentos - distribuidora com 26 anos de mercado focada em pequenos negócios do setor food service - manter a organização do pequeno negócio ajuda a diminuir os prejuízos. “Pequenos e médios comércios que não realizam um controle de estoque eficaz podem sofrer impactos nas vendas e na produtividade do negócio”, afirma.


A especialista listou 5 dicas importantes para ajudar comerciantes na organização do seu estabelecimento:

1. Controle o estoque do estabelecimento

Com a atual mudança de comportamento do consumidor, o ideal é diminuir a capacidade do estoque em relação ao período anterior ao coronavírus. O organização do estoque demanda cautela e pode alterar o custo desse estabelecimento. O local onde os alimentos são armazenados tem influência direta sobre a sua qualidade e durabilidade. Locais com alta incidência solar e infiltrações, por exemplo, aceleram o apodrecimento e o surgimento de mofo em frutas e legumes. Vale a pena investir em um espaço adequado para não ter perdas de insumos ou problemas com a vigilância sanitária. Ele não deve ter problemas estruturais, como rachaduras, alta incidência de raios solares, nem ser muito úmido. Todos esses fatores diminuem consideravelmente a sua vida útil.


2. Garanta serviços futuros

Use a criatividade para gerar caixa. Receber antecipadamente pelos serviços pode ser extremamente útil neste momento em que você precisa aumentar seu capital. Construir uma estratégia de voucher, cartão-presente e até cartão fidelidade pode ser uma saída interessante para o seu negócio. Pense em formas criativas de chamar atenção do cliente para a causa em si e se organize para realizar esses atendimentos futuramente de forma a não impactar sua estrutura.


3. Continue vendendo por meio de delivery

Mesmo com a reabertura dos estabelecimentos, muitas pessoas não se sentem seguras em frequentar esse tipo de espaço público. Por isso, as entregas são fundamentais para garantir o atendimento daqueles que ainda vão preferir pedir comida de casa. Também é importante ficar atento às embalagens e ao tipo de alimento ou produto que será enviado. O cliente espera em casa a mesma experiência que passaria ao comer no restaurante.

4. Use a tecnologia a seu favor

Invista em tecnologias que agilizam processos e libere seu tempo para dedicar a outras atividades. Com a Monte Carlo é possível melhores negociações com os fornecedores, sofrendo menos interrupções no dia a dia. A distribuidora possui um canal de vendas na internet que ajuda a aumentar as possibilidades de compra dos bares, pizzarias e restaurantes. É possível escolher entre enviar uma mensagem do próprio celular, ser atendido pelos consultores ou comprar produtos a qualquer hora do dia por uma plataforma B2B.


5. Renegocie os custos do estabelecimento

É possível, por exemplo, pedir a isenção das cobranças estatais como água e luz. Também é importante buscar negociar as dívidas, procure por concessões de crédito e principalmente renegocie seus custos fixos como o aluguel de imóvel e máquinas.

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos.
Nos acompanhe nas redes sociais:

Me chamo Nicole. Nasci em Brasília, mas moro no Canada. Acredito que cada lugar nos marca de alguma maneira. Criei esse blog para compartilhar as coisas que amo com vocês.

You Might Also Like

0 comentários