Mitologia do Ceifador é desmistificada em dorama nacional - Nica por aí

Mitologia do Ceifador é desmistificada em dorama nacional

  • quarta-feira, setembro 08, 2021
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments


Escrito por Katherine Laura, o romance "Um Coreano em Minha Vida" ultrapassa as barreiras da morte e apresenta a necromancia de forma inusitada

Um amor com destino trágico, perdas, desencontros, desavenças, seres místicos e a habilidade de falar com quem já partiu. Estes são alguns elementos que circundam a história dos personagens da obra Um Coreano em Minha Vida, um dorama nacional escrito por Elizandra Zanetti sob o pseudônimo de Katherine Laura Leighton.

Baseado na Mitologia do Ceifador e na necromancia, o romance trata com leveza, por meio da inocência de uma criança, as lendas comuns da cultura coreana. A autora também desmistifica a morte e a traz com uma visão humanizada, simbolizando-a na figura do ceifador Gael que não usa foice e nem roupas pretas.

Um Coreano em Minha Vida marca a trajetória de Elleanor, uma jovem paulistana com uma habilidade incomum: ver os mortos. O enredo envolve um segundo personagem, Park Jae Young, um garoto coreano que passou por perdas demais para a sua pouca idade, e ainda precisa se acostumar com uma cultura totalmente diferente ao se mudar para o Brasil.

"Estamos acostumados a falar da morte de outra pessoa, algo que parece distante de nós e irreal, como se nunca fosse nos acontecer e, embora este seja o meu real estado, continua tão factível, impossível! Ao menos por enquanto." (Um Coreano em Minha Vida, p. 259) 

Com as vidas cruzadas ainda na infância, o casal cria um forte laço de amizade e amor. Mas uma série de conflitos faz com que Park volte para a sua cidade natal em Seul, capital da Coreia do Sul. O reencontro acontece depois de 23 anos, quando ele retorna para ajudar o irmão, mas o que ele não esperava era a volta da antiga paixão entre ele e Elleanor. No entanto, nada será como antes. Um acidente promete separar para sempre a vida dos protagonistas, mas será que o amor pode vencer a guerra contra o destino? 

Com uma escrita repleta de lições sobre sentimentos e traumas, o leitor conhece a outra face da morte. Aqui o ceifador se comove com as emoções humanas e usa suas habilidades místicas para ajudar a necromante Elleanor numa jornada perigosa.  




Sinopse: Conheça a história do coreano Park Jae Young e da Elleanor uma linda necromante. O casal se conhece ainda na infância e tornaram-se melhores amigos, mas um fato obrigou Jae Young a voltar para a Coreia. Vinte e três anos depois, ele retorna ao Brasil para ajudar seu irmão mais novo. E o reencontro entre ele e Elleanor abre a velha ferida que o atormenta desde que partiu, um sentimento que ele não pretendia despertar, entretanto, ela não está disposta a deixar se perder. Esse é um drama sobre perdas, encontros e desencontros. Será que o verdadeiro amor vai além das fronteiras da morte?

Sobre a autora: Katherine Laura Leighton é natural de São Paulo, passou boa parte de sua vida morando em cidades de Mato Grosso do Sul e hoje vive com o marido e o filho em Natal, Rio Grande do Norte. Formada em Administração, profissão em que atuou por dez anos, hoje dedica-se exclusivamente a sua paixão por livros, adotando o romance romântico como seu gênero de escrita, trazendo para suas histórias seu fascínio pelo poder do amor em todas as suas formas, e a paixão pelo universo fantástico através da fantasia e do realismo mágico. É fã de doramas, ama viajar e passar tempo com seu filho e marido.

Redes sociais: Instagram | Facebook | Twitter | LinkedIn 

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Nasci em Brasília, mas morei 6 anos em Ottawa no Canadá. Já tive o prazer de conhecer mais de 90 lugares e 13 países. E foi essa minha paixão por culturas novas que me levaram a começar a compartilhar as minhas aventuras na internet.

You Might Also Like

0 comentários