Abertas inscrições para iniciativa do governo britânico que apoiará empreendedoras de tecnologia no Brasil - Nica por aí

Abertas inscrições para iniciativa do governo britânico que apoiará empreendedoras de tecnologia no Brasil

  • quinta-feira, fevereiro 04, 2021
  • By Carla Sabrina
  • 0 Comments

As inscrições estão oficialmente abertas para a Future Females Business School, programa gratuito e online que apoiará mulheres brasileiras fundadoras de empresas de base tecnológica a começar e expandir seus negócios, promovendo impacto social, econômico ou ambiental positivo.


A primeira rodada do programa virtual equipará 50 mulheres brasileiras com as habilidades empreendedoras e boas práticas necessárias para iniciar e expandir negócios globais e sustentáveis, utilizando tecnologia não apenas para gerar renda, mas também promover impactos positivos em suas comunidades e no meio ambiente.

"Estou encantada com esta nova parceria entre o governo britânico e a Future Females Business School. Ela reforça nosso compromisso de trabalharmos juntos para combater a desigualdade de gênero, promover a inclusão digital, criar empregos e fomentar uma economia digital vibrante capaz de se reconstruir melhor frente à crise da COVID-19", comemorou a Encarregada de Negócios do Governo Britânico no Brasil, Liz Davidson.


A Future Females Business School, em parceria com o Governo Britânico através da Rede Internacional de Tech Hubs - International Tech Hub Network (ITHN), é um programa de 3 meses, composto por 10 módulos que conduzem as empreendedoras através dos blocos fundamentais de construção do início e crescimento de um negócio. As participantes aprenderão a escrever um plano de negócios eficaz, encontrar e alcançar seus clientes ideais e usar a tecnologia para construir presença e escala online. O programa também apresenta especialistas convidadas - empresárias em série, executivas e coaches - que cobrirão tópicos importantes de desenvolvimento pessoal, incluindo como superar o medo do fracasso, e como descobrir seu verdadeiro propósito.

Este programa é indicado para empresárias brasileiras com uma ideia de negócio ou um negócio tecnológico em fase inicial que visa criar impacto social, econômico ou ambiental positivo, reduzir a pobreza, a desigualdade ou proteger o meio ambiente. O programa é inclusivo em termos de gênero, incentivando mulheres cis-gêneros, transgêneros e pessoas não-binárias a se candidatarem. Homens fundadores e cofundadores que apoiam o empreendedorismo digital feminino são bem-vindos.


A rodada piloto será conduzida em inglês com o objetivo de apoiar a criação de empresas que já nascem globais, portanto é necessário dominar o idioma.

Por que é uma iniciativa importante para o Brasil?

As mulheres estão sub-representadas nos ecossistemas de tecnologia e inovação brasileiros. De acordo com a Associação Brasileira de Startups, apenas 15% das startups brasileiras têm fundadoras mulheres, e essas empresas recebem menos de 3% de todos os fundos de capital de risco. Ainda, apenas 3% das MPMEs brasileiras chegam aos mercados internacionais, de acordo com o Global Entrepreneurship Monitor, o que exclui a grande maioria das microempreendedoras brasileiras dos benefícios do aumento de produtividade, competitividade e receita advindos da internacionalização.
O programa Future Females ajudará as mulheres brasileiras a mudar esses números, conectando empreendedoras a uma rede global de apoio de empresárias bem-sucedidas, mentores, investidores e especialistas.


"A diversidade impulsiona a inovação, pois é condição indispensável para a criação de soluções que abordam problemas a partir de múltiplas perspectivas. Incluir mais mulheres como líderes de mudança tecnológica é fundamental para promover soluções inovadoras para os desafios mais urgentes do Brasil”, aponta Andrea Motta, diretora do UK Brazil Tech Hub.


O Future Females já fez parcerias com o UK-South Africa Tech Hub em 2018, apoiando mais de 200 mulheres empreendedoras até hoje, com participantes vendo um aumento de 88% no desenvolvimento de habilidades digitais, 95% de aumento na confiança e, em média, um aumento de 168% na receita de seus negócios. Em 2020, o Future Females também executou programas piloto em parceria com o UK-Kenya Tech Hub e UK-Nigeria Tech Hub.

Dos parceiros envolvidos

A International Tech Hub Network (ITHN) é uma iniciativa do governo britânico para estimular a inovação e a tecnologia em nível local através da formação de parcerias entre os setores tecnológicos internacionais e o Reino Unido, estimulando as economias digitais locais e a construção de habilidades digitais. O programa opera na África do Sul, Nigéria, Quênia, Indonésia, Índia, Israel e Brasil. O UK-Brazil Tech Hub é parte do Programa de Acesso Digital (DAP), uma iniciativa do Prosperity Fund do governo britânico. O UK-Brazil Tech Hub tem como objetivo apoiar o desenvolvimento do ecossistema digital brasileiro através da formação de habilidades digitais, empreendedorismo e parcerias globais.


O Future Females é um movimento para aumentar e apoiar o sucesso das mulheres empreendedoras. Desde sua concepção, em agosto de 2017 na Cidade do Cabo, o movimento cresceu atualmente ostentando presença em 36 localidades no mundo e mais de 80.000 membros. O Future Females promove encontros, eventos, mentorias e oferece o programa de treinamento online da Future Females Business School.


"Estamos muito animadas para expandir nossa Future Females Business School para o Brasil, em parceria com UK-Brazil Tech Hub - permitindo que mulheres de todo o país ganhem confiança e habilidades digitais práticas, acessando mentores e o apoio da comunidade necessários para dar vida aos seus sonhados negócios”, afirma Lauren Dallas, Co-Fundadora e CEO da Future Females.

Como se inscrever?

As inscrições estão abertas até 22 de fevereiro de 2021, com apenas 50 vagas disponíveis no programa piloto de três meses, que começa em 8 de março de 2021.

A inscrição começa com o simples preenchimento de um formulário e o compartilhamento de informações sobre o negócio que está sendo construído, com as candidatas aprovadas sendo convidadas para uma entrevista com um membro da equipe do programa. Esta entrevista ajudará as candidatas a validarem suas ideias e direções dos negócios e garantirá que este é o programa mais adequado para cada candidata.

Inscrições: https://futurefemales.typeform.com/to/JOMPeVM9

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Me chamo Carla Sabrina sou negra, mãe e candanga. Graduanda de Comunicação Social, na área de Publicidade, consultora de moda e marketing, e influenciadora por paixão.

You Might Also Like

0 comentários