Você sabia que as vitaminas D e K₂, trabalham em conjunto? - Nica por aí

Você sabia que as vitaminas D e K₂, trabalham em conjunto?

  • sexta-feira, fevereiro 26, 2021
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments

Imprescindível para a saúde do corpo e da mente, o sol é o principal fator na sintetização de Vitamina D. Saiba quais alternativas buscar com a falta dos raios solares durante o isolamento social

Expor-se ao sol diariamente, nem que seja por 15 minutos, já pode fazer uma grande diferença na saúde e qualidade de vida. Esse hábito traz benefícios, pois além de estimular a produção da vitamina D que atua em diversas funções no organismo, fornece mais disposição e bem-estar para encarar o dia. Mas, e quando estamos em meio a uma pandemia, mantendo o isolamento social como principal medida para conter o avanço da COVID-19, como tomar a nossa dose diária de sol? Nem todas as pessoas possuem um local adequado para isso em seus lares, além do fato de parques, clubes ou mesmo outras áreas de lazer estarem com uso restrito para evitar contaminação.

Sabemos que a exposição aos raios UV deve ser controlada, uma vez que esse é o principal fator de risco para o câncer de pele, mas, ainda assim, é de suma importância procurar uma maneira de garantir a dose diária de Vitamina D.

Para que serve a vitamina D?

A Vitamina D tem inúmeras funções no organismo, sendo uma das principais o aumento da absorção intestinal de cálcio, essencial para o desenvolvimento saudável dos ossos e dentes. Além disso, a vitamina D está diretamente relacionada à massa óssea, minimizando uma osteopenia ou osteoporose, por exemplo, além de atuar sobre a função muscular no organismo. Quando há deficiência de vitamina D, pode haver uma fraqueza muscular e elevar o risco de quedas e fraturas em pacientes com uma inadequada massa óssea.  

Nos ossos, ela funciona basicamente para regulação do metabolismo ósseo, e age como hormônio mantendo em quantidades adequadas o cálcio e fósforo presentes no sangue, através do aumento ou diminuição da absorção desses componentes no intestino delgado.

O consumo regular de alimentos ricos dessa vitamina e expor-se ao sol, são as formas de produzir vitamina D solar, que ativa a produção de vitamina D na pele. No entanto, a suplementação pode ser indicada e segura nos casos de deficiência, mas há um fator relevante quando se fala em suplementação de Vitamina D: a associação da Vitamina K2.


D+ K2: vitamina certa, no lugar certo

A vitamina K2 auxilia na manutenção dos ossos, pois participa como cofator da ativação de proteínas dependentes de vitamina K. Uma destas proteínas é responsável por direcionar o cálcio para os ossos e evitar a deposição de cálcio nas artérias.

Descoberta recentemente, ela está presente no natto (alimento tradicional japonês feito através da fermentação da soja), e em menores quantidades em queijos gordurosos, ovos e fígado bovino. As pesquisas feitas com a vitamina K2 têm apontado benefícios na saúde óssea e cardiovascular.

Estudos que avaliaram os efeitos de sua ingestão através dos alimentos, observaram que as pessoas que consumiam maior quantidade de vitamina K apresentavam menor risco de doenças cardiovasculares.

Adicionalmente, outros estudos demonstraram que baixos níveis de ingestão de vitamina K2 estão associados ao aumento do risco de fraturas de quadril.

Vale lembrar que a vitamina D estimula a absorção intestinal de cálcio, é muito importante estar associada a uma vitamina K2 para que o cálcio seja direcionado para os ossos, otimizando a saúde óssea bem como para minimizar o risco de doenças cardiovasculares por evitar a deposição indesejada de cálcio nas paredes dos vasos.

Segundo a Dra. Rita de Cássia Salhani Ferrari, médica geriatra com Fellowship no Geriatric Medicine Program na University of Pennsylvania, responsável pelo departamento de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Marjan Farma é muito importante que os níveis de Vitamina D no organismo sejam acompanhados por um especialista que, a depender da necessidade, poderá indicar uma possível suplementação. “A partir de exames específicos, o médico pode entender que é preciso suplementar a Vitamina D. Em momentos como esse, de pandemia, é muito importante que essa possibilidade seja acompanhada de perto. Suplementos de Vitamina D associada à K2 são ótimas alternativas na manutenção dos índices de Vitamina D no organismo”, explica.

 

Para falar sobre a importância da associação da Vitamina D à Vitamina K2 e outras pautas ligadas ao tema, temos duas fontes:

- Dra. Rita de Cássia Salhani Ferrari, geriatra e Fellowship no Geriatric Medicine Program na University of Pennsylvania, responsável pelo departamento de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Marjan Farma.

- Dr. Sérgio Setsuo Maeda, endocrinologista, médico Assistente Doutor da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – Escola Paulista de Medicina; presidente da Regional São Paulo da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), representante do Painel Ibero-Americano da ISCD (International Society for Clinical Densitometry), diretor do Departamento de Metabolismo Ósseo e Mineral da SBEM – gestão 2019-2020 (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia).

 

Sobre a Marjan - Indústria 100% brasileira, a Marjan Farma atua há 59 anos com ciência farmacêutica, desenvolvendo soluções terapêuticas para o bem-estar e a longevidade dos brasileiros. Com um portfólio composto por grandes marcas, a Marjan conta com uma Força de Vendas atuante em todo o território brasileiro que realiza 98 mil visitas médicas e 21 mil visitas em farmácias e drogarias, mensalmente. Compromissada com o bem-estar social e o meio ambiente, a Marjan apoia campanhas como a SAF (Síndrome Alcoólica Fetal) e Mulher Coração, juntamente com a Sociedade Brasileira de Clínica Médica, além de ser mantenedora do Instituto Olinto Marques de Paulo, que promove projetos de formação de educadores e professores. Mais em www.marjanfarma.com.br

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Nasci em Brasília, mas morei 6 anos em Ottawa no Canadá. Já tive o prazer de conhecer mais de 90 lugares e 13 países. E foi essa minha paixão por culturas novas que me levaram a começar a compartilhar as minhas aventuras na internet.

You Might Also Like

0 comentários