24-04 – Dia do Churrasco: Fogo de Chão apresenta dicas preciosas - Nica por aí

24-04 – Dia do Churrasco: Fogo de Chão apresenta dicas preciosas

  • quinta-feira, abril 08, 2021
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments


Um bom churrasco tem o seu lugar no coração do brasileiro

E é pensando nisso que o restaurante Fogo de Chão oferece dicas de qualidade que encantam os clientes

Para não ficar de fora, o Fogo de Chão está oferecendo dicas para que você faça um tradicional churrasco gaúcho, extremamente saboroso em sua casa. O primeiro passo é buscar por carne de boi de boa qualidade e procedência, macias e com marmoreio. 

E quais as raças que produzem as carnes de melhor qualidade? Angus, originária da Inglaterra ou Escócia (indefinido), Limousin, originária da França e Hereford, originária da Inglaterra. Aqui no Brasil as mais encontradas são cruzas de Nelore, Angus e Brahman. Para fazer o melhor churrasco, o TOP 5 melhores cortes de gado são picanha, fraldinha, costela, bife de chorizo e ancho. 

 O principal elemento para o preparo de um bom churrasco é o fogo, feito no seu tempo e sem labaredas, mas lembre-se, a carne é assada com calor e não com chamas. Um bom fogo leva de 30 a 40 minutos para que a brasa fique pronta. E se tratando de churrasco gaúcho, para fazer um bom fogo, sem labaredas, é preciso lenha boa e sem umidade, pois isso mantém a brasa viva por mais tempo. 

Cada carne necessita de sua temperatura e distância do fogo para assar no tempo certo. A costela, por exemplo, demora horas para assar, pode chegar a mais de 6 horas e deve ficar mais distante do fogo, para ir assando aos poucos. Já a fraldinha, chorizo e ancho podem ser assados mais perto do fogo. A picanha precisa ser assada em fogo baixo, mantendo distância do calor, porque tem muita gordura (se a gordura respinga na brasa, gera labaredas). 

Outra dica preciosa usada pelos churrasqueiros do Fogo de Chão é o tempero certo para cada tipo de carne. O modo de preparo no restaurante é o tradicional para carne de boi, sal grosso. Carne de porco vai bem com sal, limão, vinho e pimenta, pois é bastante suave, mas tem gordura, por isso vai bem com temperos de maior acidez. 

A carne de cordeiro pode ser temperada com sal, vinho e pimenta, mas o principal e mais tradicional tempero para cordeiro é a hortelã. É sempre muito bom servir o cordeiro com um molho de hortelã como acompanhamento. Já o frango vai bem com sal, conhaque, cerveja, páprica e ervas frescas (como sálvia ou salsa e cebolinha). 

E para acompanhar o churrasco na tradição gaúcha, os principais acompanhamentos são as saladas verdes, maionese de batata e pão. A bebida para acompanhar pode ser vinho ou cerveja. Como o sul do país tem temperaturas mais baixas, o gaúcho prefere acompanhar o churrasco com um bom vinho, mas a cerveja também pode ser uma excelente pedida. 

Hoje, existem no mercado diversas variedades de cerveja, desde as mais leves do tipo Pilsen, passando por cervejas de trigo até as mais encorpadas como as IPA ou Pale Ale, que produzem excelentes harmonizações com os mais diferentes tipos de cortes de carne. O melhor da gastronomia é mesmo experimentar e descobrir sabores e combinações que sempre podem render ótimas surpresas. 


CHURRASCO GAÚCHO

Nível de dificuldade: Fácil

Tempo de preparo: 1h20 min.

 

Ingredientes

  • 800g de Fraldinha
  • Carvão suficiente para brasa 
  • Sal grosso

Modo de preparo

Tempere a carne com sal grosso a gosto. Use o carvão, sem umidade, para acender o fogo. Um bom fogo leva de 30 a 40 minutos para que a brasa fique pronta. Coloque a carne no espeto e a ponha próximo à brasa. Vale lembrar que a carne é assada com calor e não com chamas. Aguarde a carne assar o ponto que mais te agrada.  

 

Sobre o Fogo de Chão

Fundada no Brasil em 1979, a Fogo de Chão é uma das principais churrascarias do mundo especializada na culinária secular do churrasco brasileiro com a verdadeira técnica gaúcha. Entre os cortes mais pedidos pelo público estão a Fraldinha, o Bife Ancho, o Carré de Cordeiro, a Costela Premium e a tradicional “Picanha”. Além do Brasil, a rede está presente em Porto Rico, Estados Unidos e México.

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Nasci em Brasília, mas morei 6 anos em Ottawa no Canadá. Já tive o prazer de conhecer mais de 90 lugares e 13 países. E foi essa minha paixão por culturas novas que me levaram a começar a compartilhar as minhas aventuras na internet.

You Might Also Like

0 comentários