Dia Mundial do Chocolate: Cacau e chocolate na saúde e prevenção de doenças - Nica por aí

Dia Mundial do Chocolate: Cacau e chocolate na saúde e prevenção de doenças

  • terça-feira, julho 06, 2021
  • By Carla Sabrina
  • 0 Comments

Considerando dia mundial do chocolate, o Dr. Guilherme Renke aborda os benefícios do cacau e do chocolate para a saúde, ressaltando o seu auxilio na prevenção de doenças e outras áreas do corpo.

O tão amado chocolate é comumente conhecido por adornar datas como o dia mundial do chocolate e estar presente no cotidiano das pessoas como sobremesas ou simples doces responsáveis por aumentar a serotonina e melhorar seu humor, sendo uma aposta constante nessas circunstâncias. O que não é de mútuo conhecimento popular, contudo, é o fato de que o chocolate também pode ser extremamente benéfico para a saúde na prevenção de doenças e auxílio em outras partes do corpo. O Dr. Guilherme Renke (@endocrinorenke), uma das maiores referências da área da endocrinologia do país, membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e sócio fundador da Clínica Nutrindo Ideais elucidou o assunto e nos trouxe um maior conhecimento sobre esses benefícios existentes no alimento que já é queridíssimo no gosto popular.

Dr. Guilherme explica que o cacau contém mais antioxidantes fenólicos do que a maioria dos alimentos. "Flavonoides, incluindo catequina, epicatequina e procianidinas predominam na atividade antioxidante. A estrutura tricíclina dos flavonoides determina os efeitos antioxidantes que eliminam as espécies reativas de oxigênio. O conteúdo de epicatequina do cacau é o principal responsável por seu impacto favorável no endotélio vascular devido ao seu efeito na supra regulação aguda e crônica da produção de óxido nítrico", ressalta. Além disso, seus efeitos antioxidantes podem influenciar diretamente a resistência à insulina e, com isso, reduzir o risco de diabetes. 

O consumo de chocolate também pode estimular mudanças nas vias de sinalização sensíveis ao redox envolvidas na expressão gênica e na resposta imune. "O cacau pode proteger os nervos de lesões e inflamação, proteger a pele dos danos oxidativos da radiação UV em preparações tópicas e ter efeitos benéficos na saciedade, função cognitiva do humor", orienta Dr. Renke.

Apesar desses, outros benefícios provenientes do chocolate não são tão conhecidos, embora devidamente benéficos.

O chocolate amargo pode melhorar sua imunidade.

O chocolate amargo também é rico em antioxidantes e com pelo menos cinquenta a setenta por cento de cacau aumenta o fluxo sanguíneo, melhora a saúde intestinal e alivia o estresse - todos os efeitos que podem indiretamente fortalecer o sistema imunológico.  "E além disso, o cacau é uma fonte concentrada de fibra, magnésio, potássio e arginina, um aminoácido que ajuda a dilatar os vasos sanguíneos, também", elucida.

Comer chocolate de forma regular está vinculado à um risco menor de ataque cardíaco.

"Coma chocolate regularmente e isso pode ajudar a evitar ataques cardíacos", alerta Dr. Renke. Comer qualquer tipo de chocolate mais de uma vez por semana está relacionado à uma redução de oito por cento no risco de doença arterial coronariana. Isso ocorre por que o chocolate - especialmente a variedade escura - contém nutrientes saudáveis para o coração, incluindo as já citadas flavonoides, metilxantinas, polifenóis e ácido esteárico, que podem ajudar a reduzir a inflamação e aumentar os níveis do "bom" colesterol que evita o acúmulo de placas artérias.

Além de todos os benefícios físicos, o chocolate pode ser devidamente positivo para a mente, visto que os aminoácidos bioativos triptofano, fenilalanina e tirosina podem ajudar a mudar a neuroquímica, culminando no efeito de "sensação boa" que um pedaço de chocolate geralmente proporciona.

Apesar de todos os benefícios, o consumo excessivo de chocolate também oferece potenciais efeitos prejudiciais, incluindo o aumento do risco de ganho de peso, obesidade e outros malefícios. "A ingestão deve ser consciente, e não exagerada. Em uma dosagem responsável e consumo moderado, no entanto, os benefícios provavelmente superam os riscos", finaliza Dr. Renke.


 

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Me chamo Carla Sabrina sou negra, mãe e candanga. Graduanda de Comunicação Social, na área de Publicidade, consultora de moda e marketing, e influenciadora por paixão.

You Might Also Like

0 comentários