Conheça os benefícios da casca do ovo - Nica por aí

Conheça os benefícios da casca do ovo

  • sexta-feira, agosto 27, 2021
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments


A casca do ovo é uma fonte muito rica em cálcio, sendo que 2,7 g do pó fornecem a quantidade diária recomendada desse mineral para um adulto. Também serve como base para o desenvolvimento de produtos da indústria cosmética, suplementos alimentares, bases biocerâmicas, fertilizantes e implantes ósseos e dentários

 

 

Clique com o botão direito do mouse para salvar a imagem

A casca do ovo apresenta propriedades e nutrientes significativos que não devem ser desprezados ou descartados. Afinal, estamos falando de um elemento multifuncional e muito versátil, com aplicações e utilidades diversas, nas áreas da saúde, beleza, limpeza, jardinagem, mineração, decoração e arte, entre outros.

 

A casca do ovo de galinha, em pó, contém minerais importantes, especialmente no que diz respeito ao cálcio, mineral bastante relevante para a saúde óssea e para o sistema cardiovascular. Além do cálcio (Ca), outros minerais são encontrados em menores concentrações na casca, como o magnésio (Mg), ferro (Fe) e selênio (Se).

 

“A casca do ovo é utilizada como base para o desenvolvimento de produtos na indústria cosmética, suplementos alimentares, bases biocerâmicas, fertilizantes, implantes ósseos e dentários e como agente antitártaro em cremes dentais”, destaca Dra. Milena Cornacini, Nutricionista Clínica, Esportiva e Ortomolecular, Mestre e Doutora em Nutrição e Consultora Técnica da Katayama Alimentos.

 

Ela acrescenta que o pó da casca de ovo é uma fonte de cálcio viável e de fácil acesso, que pode contribuir na prevenção da deficiência desse mineral, em especial na redução do risco de osteoporose, em pessoas de diferentes grupos etários e extratos sociais. Cerca de 2,7 g do pó contribuem para a quantidade diária recomendada do cálcio para um adulto. Porém, é importante sempre seguir a recomendação e orientação de um especialista (nutricionista).

  

Higienização e obtenção da farinha

Qualquer aplicação da casca do ovo ou derivados para alimentação humana ou animal, deve estar assegurada pelos parâmetros microbiológicos dos produtos para evitar possíveis contaminações. Portanto, recomenda-se a seguinte técnica de higienização: lavagem em água corrente, imersão em solução de hipoclorito de sódio por 10 minutos e fervura em água durante 10 minutos. Após esse procedimento, o ideal é que as cascas sejam secas em estufa ou fornos a uma temperatura de 50°C para eliminar toda umidade (por 2 horas), depois trituradas em liquidificador e peneiradas. Para armazenamento, utilizar um recipiente seco e limpo, tampado e protegido do calor. O produto bem seco pode ter duração de aproximadamente quatro meses, segundo recomendação da Dra. Milena.

  

Nutriente para pets

Como a casca do ovo é riquíssima em cálcio, também pode ser oferecida aos pets (cães e gatos) na forma de farinha (quanto mais fina, melhor é absorvida e aproveitada). O cálcio é um mineral necessário para a saúde dos ossos e dos dentes, além de ter papel essencial na contração muscular, na coagulação sanguínea e na transmissão dos impulsos nervosos.

 

“No entanto, é de extrema importância consultar um especialista em nutrição de pets, como zootecnistas e veterinários antes de oferecer o ingrediente. A falta ou o excesso do cálcio podem causar danos aos animais. Por outro lado, se o animal já se alimenta com uma ração pronta, não se deve suplementar com cálcio, pois as rações já contêm as proporções adequadas”, adverte Camila Cuencas, Zootecnista e Gestora de Operações Industriais da Katayama Alimentos.

 

Se o interesse é o preparo da ração em casa com ingredientes naturais, o tutor deverá procurar um especialista para a formulação da ração correta a cada tipo de animal, idade, raça e características individuais.

  

Matéria-prima para fertilizante orgânico

A casca do ovo pode ser usada na composição de fertilizante orgânico, já que é uma fonte de nutrientes importantes como o cálcio e o magnésio. “Apesar da casca do ovo não ser utilizada em grande escala na agricultura, ela pode ser aplicada no cultivo das plantas de jardins (superfície do solo) e plantio de plantas (sulco e/ou cova). Quanto menor o tamanho das partículas da casca do ovo, mais rápido será o seu processo de decomposição, disponibilizando, assim, os nutrientes mencionados para as plantas e culturas diversas”, finaliza Rafael de Melo Sousa, Engenheiro Agrônomo e Gestor de Operações Fertilizantes da Terra Nascente Fertilizantes, uma das empresas do Grupo Katayama.

  

Outras dicas para o uso da casca

Há inúmeras receitas disponíveis em literatura e na Internet, testadas e aprovadas, do uso da casca do ovo em pó para facilitar os afazeres domésticos, como abrasivo para limpeza, clareador de roupas, desentupidor de pias, etc. E os benefícios não param por aí: também pode ajudar a manter a saúde e a beleza da pele, usando-a na formulação de cremes, esfoliantes e esmaltes fortalecedores de unhas. Experimente os benefícios e aproveite!

 

 

 





A casca do ovo apresenta propriedades e nutrientes significativos que não devem ser desprezados ou descartados.

A casca do ovo é uma fonte muito rica em cálcio, sendo que 2,7 g do pó fornecem a quantidade diária recomendada desse mineral para um adulto. Também serve como base para o desenvolvimento de produtos da indústria cosmética, suplementos alimentares, bases biocerâmicas, fertilizantes e implantes ósseos e dentários.


A casca do ovo apresenta propriedades e nutrientes significativos que não devem ser desprezados ou descartados. Afinal, estamos falando de um elemento multifuncional e muito versátil, com aplicações e utilidades diversas, nas áreas da saúde, beleza, limpeza, jardinagem, mineração, decoração e arte, entre outros.


A casca do ovo de galinha, em pó, contém minerais importantes, especialmente no que diz respeito ao cálcio, mineral bastante relevante para a saúde óssea e para o sistema cardiovascular. Além do cálcio (Ca), outros minerais são encontrados em menores concentrações na casca, como o magnésio (Mg), ferro (Fe) e selênio (Se).


“A casca do ovo é utilizada como base para o desenvolvimento de produtos na indústria cosmética, suplementos alimentares, bases biocerâmicas, fertilizantes, implantes ósseos e dentários e como agente antitártaro em cremes dentais”, destaca Dra. Milena Cornacini, Nutricionista Clínica, Esportiva e Ortomolecular, Mestre e Doutora em Nutrição e Consultora Técnica da Katayama Alimentos.


Ela acrescenta que o pó da casca de ovo é uma fonte de cálcio viável e de fácil acesso, que pode contribuir na prevenção da deficiência desse mineral, em especial na redução do risco de osteoporose, em pessoas de diferentes grupos etários e extratos sociais. Cerca de 2,7 g do pó contribuem para a quantidade diária recomendada do cálcio para um adulto. Porém, é importante sempre seguir a recomendação e orientação de um especialista (nutricionista).



Higienização e obtenção da farinha

Qualquer aplicação da casca do ovo ou derivados para alimentação humana ou animal, deve estar assegurada pelos parâmetros microbiológicos dos produtos para evitar possíveis contaminações. Portanto, recomenda-se a seguinte técnica de higienização: lavagem em água corrente, imersão em solução de hipoclorito de sódio por 10 minutos e fervura em água durante 10 minutos. Após esse procedimento, o ideal é que as cascas sejam secas em estufa ou fornos a uma temperatura de 50°C para eliminar toda umidade (por 2 horas), depois trituradas em liquidificador e peneiradas. Para armazenamento, utilizar um recipiente seco e limpo, tampado e protegido do calor. O produto bem seco pode ter duração de aproximadamente quatro meses, segundo recomendação da Dra. Milena.

  

Nutriente para pets

Como a casca do ovo é riquíssima em cálcio, também pode ser oferecida aos pets (cães e gatos) na forma de farinha (quanto mais fina, melhor é absorvida e aproveitada). O cálcio é um mineral necessário para a saúde dos ossos e dos dentes, além de ter papel essencial na contração muscular, na coagulação sanguínea e na transmissão dos impulsos nervosos.


“No entanto, é de extrema importância consultar um especialista em nutrição de pets, como zootecnistas e veterinários antes de oferecer o ingrediente. A falta ou o excesso do cálcio podem causar danos aos animais. Por outro lado, se o animal já se alimenta com uma ração pronta, não se deve suplementar com cálcio, pois as rações já contêm as proporções adequadas”, adverte Camila Cuencas, Zootecnista e Gestora de Operações Industriais da Katayama Alimentos.


Se o interesse é o preparo da ração em casa com ingredientes naturais, o tutor deverá procurar um especialista para a formulação da ração correta a cada tipo de animal, idade, raça e características individuais.


Matéria-prima para fertilizante orgânico

A casca do ovo pode ser usada na composição de fertilizante orgânico, já que é uma fonte de nutrientes importantes como o cálcio e o magnésio. “Apesar da casca do ovo não ser utilizada em grande escala na agricultura, ela pode ser aplicada no cultivo das plantas de jardins (superfície do solo) e plantio de plantas (sulco e/ou cova). Quanto menor o tamanho das partículas da casca do ovo, mais rápido será o seu processo de decomposição, disponibilizando, assim, os nutrientes mencionados para as plantas e culturas diversas”, finaliza Rafael de Melo Sousa, Engenheiro Agrônomo e Gestor de Operações Fertilizantes da Terra Nascente Fertilizantes, uma das empresas do Grupo Katayama.

  

Outras dicas para o uso da casca

Há inúmeras receitas disponíveis em literatura e na Internet, testadas e aprovadas, do uso da casca do ovo em pó para facilitar os afazeres domésticos, como abrasivo para limpeza, clareador de roupas, desentupidor de pias, etc. E os benefícios não param por aí: também pode ajudar a manter a saúde e a beleza da pele, usando-a na formulação de cremes, esfoliantes e esmaltes fortalecedores de unhas. Experimente os benefícios e aproveite!


Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Nasci em Brasília, mas morei 6 anos em Ottawa no Canadá. Já tive o prazer de conhecer mais de 90 lugares e 13 países. E foi essa minha paixão por culturas novas que me levaram a começar a compartilhar as minhas aventuras na internet.

You Might Also Like

0 comentários