Com ferramentas open source da Zup, app de gestão logística registra crescimento de 400% em dois dias - Nica por aí

Com ferramentas open source da Zup, app de gestão logística registra crescimento de 400% em dois dias

  • sábado, setembro 18, 2021
  • By Carla Sabrina
  • 0 Comments

Startup tinha o desafio de comportar o crescimento exponencial e de facilitar a adoção de novas funcionalidades pelos usuários quando o aplicativo tinha que ser atualizado

Com o uso de dois de seus projetos open source (Beagle e Charles CD), a Zup, empresa desenvolvedora de tecnologia para promover a transformação digital, resolveu os principais desafios enfrentados pelo Trato - startup que oferece uma plataforma de gestão logística e que conta hoje com mais de 50 mil caminhoneiros cadastrados no seu aplicativo - e garantiu uma explosão no registro de acessos: em dois dias, houve crescimento de 400%.

O caso de sucesso intensificou e fortaleceu a parceria que existia entre as empresas desde a concepção do Trato, em 2018, e tornou possível à startup consolidar a base de usuários e aumentar ainda mais a satisfação com o produto, que ganhou agilidade e simplicidade. “Trata-se de um case que nos alegra muito”, garante o Diretor de Key Accounts da Zup, Tadashi Yamamoto. “Estamos junto com o Trato desde o início, temos um enorme orgulho do produto inovador e com impacto real na vida de milhares de pessoas, uma ferramenta que verdadeiramente empodera os caminhoneiros, que ajudamos a lançar. E, com o uso dos produtos e projetos open source mantidos pela Zup, foi possível melhorar ainda mais essa solução”, explica o executivo.

Desafios

A Zup se juntou ao Trato em 2018, quando a plataforma ainda estava sendo idealizada. O desenvolvimento do app começou de fato em 2019, e em julho daquele ano a versão beta foi liberada para motoristas convidados. O lançamento oficial ocorreu em setembro de 2019 e, desde então, o crescimento foi intenso: em abril de 2021, a plataforma bateu a marca de 50 mil caminhoneiros cadastrados. 

O aplicativo disponibiliza aos usuários informações relevantes, como vagas em terminais para descarregar os produtos, que ajudam o caminhoneiro a decidir se ele deve ou não fechar um trabalho de frete, descontos e ferramentas de educação financeira. Além disso, o cliente do Trato tem acesso a um agendamento dinâmico para organizar a chegada dos caminhões aos terminais, ver a posição na fila para carregar ou descarregar materiais, acessar oportunidades de fretes - que os motoristas podem escolher de acordo com as próprias preferências -, e muito mais. O objetivo é deixar o usuário bem informado e, com isso, aumentar a produtividade nas rotinas de fretes. 

“Almejamos ser a plataforma dominante do mercado, que cuida e transforma a vida dos caminhoneiros de forma legítima, trazendo benefícios e parcerias que vão muito além do seu dia a dia nas estradas, mas que melhorem sua qualidade de vida em todos os aspectos”, comenta o Head do Trato, Vanderlei Azevedo Marques.

Com esse leque de serviços e o crescimento acelerado, a plataforma se deparou com desafios tecnológicos, como o perfil variado dos usuários espalhados por todo o Brasil, com diferentes necessidades e preferências. Devido a conexões de internet móvel instáveis nas estradas e rodovias, caminhoneiros (que são o principal público da plataforma) enfrentaram problemas em utilizar o app, o que criou dificuldades para adoção de novas funcionalidades e atualizações na ferramenta.

As soluções

O principal desejo do Trato era ter um processo em que fosse possível codificar de tarde, lançar a funcionalidade à noite e, pela manhã, ter o feedback dos usuários. Ou seja, uma solução que requer agilidade e simplificação. Os produtos selecionados para atingir a agilidade desejada foram o Charles CD e o Beagle, soluções de open source mantidas pela Zup desde 2020 sempre com bons resultados.

O Beagle traz para a comunidade uma solução para simplificar o desenvolvimento de múltiplas plataformas (IOs, Android, e Web) através do conceito de Server-Driven UI para iOS, Android e Web que auxilia na construção de telas por meio de um backend, permitindo que desenvolvedores alterem telas e fluxos nativos utilizando apenas JSON. 

O Charles CD é uma ferramenta que realiza deploys de forma ágil, contínua e segura, permitindo que as equipes de desenvolvimento realizem simultaneamente a validação de hipóteses com grupos específicos de usuários. Ele traz o conceito de deploy em círculos (saiba mais sobre esse processo aqui). 

“Para conseguir criar testes de forma ágil, seja alterando telas, fluxo de funcionalidades e componentes, o Beagle foi crucial. Enquanto isso, para conseguir o feedback rápido de usuários, adotar o deploy em círculos do Charles CD fez muito sentido”, observa Tadashi Yamamoto, da Zup. 

A união dos dois projetos possibilitou alterar o aplicativo para testes de forma mais fácil e colocar essa opção para usuários reais usarem, sem a necessidade de atualização do app, o que eliminou o principal problema que os usuários estavam enfrentando.

Os resultados O principal resultado foi uma explosão nos acessos, um crescimento de 400% em apenas dois dias, e a satisfação dos usuários - que já era alta - cresceu mais um ponto percentual. “Vale destacar que a aplicação dos projetos open source garantiu que o Trato agregasse ainda mais valor para os usuários da plataforma. Eles se sentiram cuidados e ouvidos pela empresa”, observa Yamamoto. “Muito mais do que um caso de adoção de ferramentas e soluções, nosso trabalho com o Trato é um caso de transformação digital”, conclui.

“Digitalizar um setor tradicional, como o de transporte, e com barreiras tecnológicas é um desafio constante do time, que busca soluções que, principalmente, garantam uma experiência positiva de usabilidade alinhada à necessidade do usuário final,  os caminhoneiros”, finaliza Marques.

Sobre o Trato

O Trato é uma plataforma de gestão da cadeia logística rodoviária, que oferece soluções de integração e otimização para os diferentes entes da cadeia: motoristas, transportadoras e embarcadores. Temos uma aplicação Web que permite às traders e transportadoras administrarem suas cotas e realizarem agendamentos. Para facilitar o dia a dia de trabalho dos caminhoneiros, temos um aplicativo com uma série de funcionalidades, tais como: acompanhamento da fila nos terminais, consulta de vagas para carga/descarga, contratação de fretes, confirmação de agendamento 100% digital e clube de vantagens com descontos exclusivos.

Sobre a Zup

A empresa, que nasceu como uma startup em Uberlândia, tem hoje mais de quase 3 mil colaboradores trabalhando remoto em todo país e escritórios em São Paulo, Campinas, Uberlândia e Joinville, e atua há mais de dez anos na transformação digital de grandes empresas e desenvolvendo produtos open source. Em 2019, a Zup foi adquirida pelo Banco Itaú, a maior instituição financeira da América Latina.

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Me chamo Carla Sabrina sou negra, mãe e candanga. Graduanda de Comunicação Social, na área de Publicidade, consultora de moda e marketing, e influenciadora por paixão.

You Might Also Like

0 comentários