Bertioga: quem visita quer voltar - Nica por aí

Bertioga: quem visita quer voltar

  • sexta-feira, fevereiro 05, 2021
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments


Bertioga: quem visita quer voltar
Foto crédito Guilherme Perez

Paz, tranquilidade, facilidade de acesso e a riqueza de opções estão entre os valores que fazem da Estância Balneária de Bertioga um destino diferenciado. Localidade secular, mescla os encantos da Serra do Mar com a imensidão desse nicho do Oceano Atlântico. Dispõe de infraestrutura contemporânea e de marcas civilizatórias impregnadas de história.

O compromisso com o turismo responsável é um traço distintivo da comunidade local. Toda a sociedade civil organizada se une e se engaja no propósito de atrair mais e mais visitantes. E nesse contexto, destaca-se o esforço incansável do Bertioga Convention & Visitors Bureau - Visite Bertioga. Em parceria com a Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura do município, focaliza o público que pratica turismo náutico, frequenta o canal de Bertioga e se dispõe a conhecer os atrativos terrestres.

“A gastronomia caiçara, com sabor de pura brasilidade, se junta à boa cozinha internacional – europeia e asiática, para extasiar os mais exigentes paladares. Em Bertioga, come-se muito bem a bons preços”, destaca Edson Gimenez, presidente do Visite Bertioga.

A oferta de hospedagens é farta, para todos os gostos e bolsos. Resorts, hotéis e pousadas, todos funcionando dentro dos protocolos sanitários e de biossegurança, garantem conforto e tranquilidade aos visitantes.

A diversidade de trilhas, com monitoramento e serviços de apoio, é o paraíso dos amantes do ecoturismo. Já a visitação ao patrimônio histórico, que inclui edificações remanescentes de quase 500 anos, é um capítulo à parte. Entre elas, destaca-se o Forte São João, que se tornou um símbolo para Bertioga e um marco para a história do país.

Projeto Onda BGF - Praia Acessível em Bertioga


Foto: Cristiane Marino

BGF são as iniciais do nome do empresário Bruno Guazzelli Filho, da Jaguareguava Ecoturismo, associado ao BCVB – Visite Bertioga e que lidera o já consagrado Projeto Onda. Iniciativa tem por objetivo promover atividades de esporte adaptado às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida em meio à natureza. Consiste em evento que proporciona um dia único na vida das pessoas, sejam os participantes, voluntários ou organizadores.

A Jaguareguava Ecoturismo opera regularmente todos os dias da semana, com várias opções de atendimento individualizado e de grupos, com agendamento prévio.

Natural de São Bernardo do Campo (SP), Bruno é técnico mecânico pelo Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo e Designer de Produtos pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Apaixonado pelos esportes aquáticos, campeão de kayakisurf, tem expertise em adaptar embarcações apropriadas para pessoas com deficiência.


Bertioga: quem visita quer voltar
Foto: Cristiane Marino

Além de exemplar, sob todos os aspectos, impossível não se emocionar com as imagens e depoimentos dos participantes do Onda BGF.

A alegria contagiante vem de amputados, cegos, hemiplégicos e tetraplégicos, que encontram oportunidade de praticar esportes aquáticos com segurança total.

A próxima edição do evento, em função da pandemia e do andamento da vacinação, está prevista para acontecer em dezembro de 2021.

Foto: Divulgação


Ao comentar sobre as atividades da Jaguareguava Ecoturismo, Bruno Guazzelli Filho diz que "nos últimos meses (dezembro 2020 e janeiro 2021) 30% da demanda que atendemos vieram dos folhetos que produzimos e foram distribuídos no estande que o Visite Bertioga e a Secretaria de Turismo, Esporte e Cultura do município mantiveram aberto no evento Vila na Praia. O melhor é que o perfil de quem veio até nós é predominantemente de veranistas que frequentam Bertioga e que, certamente, retornarão”.

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Nasci em Brasília, mas morei 6 anos em Ottawa no Canadá. Já tive o prazer de conhecer mais de 90 lugares e 13 países. E foi essa minha paixão por culturas novas que me levaram a começar a compartilhar as minhas aventuras na internet.

You Might Also Like

0 comentários