O estilo e o conforto do sutiã sem bojo - Nica por aí

O estilo e o conforto do sutiã sem bojo

  • quarta-feira, abril 21, 2021
  • By Nicole Regiane
  • 0 Comments

Sutiã sem bojo chama atenção na moda íntima (Foto: Renata Schaitza/Unplash)

Saiba por que o sutiã sem bojo garante conforto e estilo

Por muitos anos, lingeries com aros e bojos que evidenciavam os seios dominaram o mercado. Hoje em dia, o cenário é diferente. O conforto tornou-se um dos aspectos mais importantes na hora de escolher um sutiã, fazendo as peças leves e práticas ganharem o coração das consumidoras e a presença nas lojas.

Assim, o sutiã sem bojo se consolidou como lingerie básica para fazer parte do armário. Atualmente muitas marcas investem no item, facilitando o acesso a diversas versões - rendado, transparente, com babado, em diferentes cores e cortes. Por isso, para além do conforto, a peça pode também ser utilizada em noites especiais, assumindo a posição de uma lingerie sexy.

O sutiã sem bojo é a alternativa indicada para as mulheres que procuram bem-estar, liberdade de movimentos, versatilidade e beleza na moda íntima.


Ideal para quem busca conforto

Lingeries que deixam a pele marcada e atrapalham a circulação sanguínea - especialmente se usadas em tamanho incorreto - ficaram no passado. A palavra de ordem do mundo fashion é conforto. Por isso, os sutiãs sem bojo são ideais para garantir a sustentação dos seios de maneira delicada. 

Para potencializar o bem-estar, as peças feitas com tecidos respiráveis devem ser priorizadas, uma vez que são as mais indicadas para uso contínuo durante o dia. Algodão e microfibra chamam atenção já que, além de permitirem a absorção do suor e garantirem frescor à região, também são materiais com textura suave sobre a pele.

Se o sutiã sem bojo ainda despertar insegurança - como, por exemplo, receio de que o mamilo apareça sob a blusa - a dica é apostar em itens de dupla cobertura. Muitas peças do estilo apostam na modalidade, principalmente quando o material usado é mais leve, possibilitando uma sobreposição sem incômodo. 

Sutiã sem bojo no street style: Bruna Marquezine, Lu Zieht e Gabi Lopes (Fotos: Reprodução/Instagram)


Sutiã sem bojo é adaptável

"Adaptável" é um termo chave para descrever o sutiã sem bojo. Isso porque, além de ser uma indicação estratégia para o uso diário, é também uma peça que pode ser utilizada em um contexto romântico, em uma noite de casal, ou ainda à mostra, como componente do look.

Para o primeiro caso, em uma situação mais íntima, existem detalhes que podem intensificar a sensualidade da peça, como transparência, rendas e cores mais fortes - vermelho, azul, preto. Alguns cortes específicos, como o meia-taça e o cropped, também auxiliam no fator sexy.

Já para incorporar a peça ao look, é possível optar por blusas e vestidos cavados, que deixem a lingerie à mostra, ou ainda utilizá-lo como um top. Para quem deseja mostrar menos, a dica é investir nas sobreposições - com blazers e jaquetas - e dar preferência a cortes maiores, como o sutiã cropped ou peças de estilo esportivo. 

Outra possibilidade que também parece estar voltando com força é usar o sutiã por cima da blusa, semelhante a um corpete. Nesse caso, o modelo sem bojo é o mais indicado, já que servirá mais como top decorativo do look do que como peça.

Indicado para todos os corpos

O conforto proporcionado pelo sutiã sem bojo é uma opção para mulheres de todos os corpos. Além de ser mais fácil encontrar o manequim ideal - uma vez que o tamanho da taça do bojo é um componente que demanda atenção na hora de escolher o sutiã -, é um modelo que valoriza diferentes silhuetas. 

Para mulheres de seios maiores, que necessitam de mais sustentação, indica-se sutiãs com laterais e alças largas. Outro componente que pode estar presente e também oferece ajuda para sustentar o peso do busto é o aro de metal logo abaixo da taça. Porém, esse detalhe pode comprometer o conforto.

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Nasci em Brasília, mas morei 6 anos em Ottawa no Canadá. Já tive o prazer de conhecer mais de 90 lugares e 13 países. E foi essa minha paixão por culturas novas que me levaram a começar a compartilhar as minhas aventuras na internet.

You Might Also Like

0 comentários