Islanna lança projeto Vozes Negras - Nica por aí

Islanna lança projeto Vozes Negras

  • segunda-feira, julho 26, 2021
  • By Carla Sabrina
  • 0 Comments

Neo marca brasileira de moda lança movimento que dá voz à potências femininas e negras na sociedade

A Islanna, marca criada em Londres pela brasileira Islana Rosa, já é conhecida no exterior por apresentar uma moda contemporânea e com apelo sustentável. A fundadora e CEO desenhou um plano de negócios que pudesse traduzir sua visão para uma nova marca de roupas, com menos impacto ambiental e muita informação de moda. A força da mulher independente e autoconfiante também está representada no conceito, que propõe empoderamento e atitude através do styling. Agora, a marca se volta para o mercado brasileiro e lança o projeto Vozes Negras.

Após a escalada do movimento Black Lives Matter, que tomou conta do Brasil e do mundo em junho de 2020, Islana decide focar seus esforços nas comunidades negras - promovendo artistas mulheres através da moda e apoiando organizações não governamentais, ligadas à promoção da educação e empoderamento feminino.

O projeto Vozes Negras manifesta o desejo de Islana com a sua marca em direção a uma moda antirracista, com base em três pilares: a visibilidade para vozes femininas negras; a criação de conexões entre mulheres negras e a sociedade; e a remuneração justa e o empoderamento feminino negro.

"A idea de criar o movimento Vozes Negras surgiu de um desejo antigo de potencializar o poder da comunidade artística negra no Brasil e trabalhar com mulheres na promoção das artes plásticas, grupo que historicamente foi negligenciado", diz Islana Rosa, fundadora da marca.

O start do projeto se deu por meio de um convite a artistas mulheres negras brasileiras para que enviassem uma proposta de arte que seria transformada em uma estampa para camisetas da marca. No mês de outubro de 2020, foram selecionadas quatro vencedoras, Amanda Lobos (@maisdeumlobo), Greicy Kelly (@pretooju), Joyce Gomes (@_joy.arte) e Mitti Mendonça (@mao.negra). As criações podem ser vistas no perfil oficial de Islanna no Instagram (www.instagram.com/islannaofficial).

O projeto tem viés social em sua totalidade, sendo que 50% do lucro das vendas das camisetas serão distribuídos para a artista detentora da estampa e os outros 50% serão doados para uma das instituições que trabalham com o empoderamento feminino negro no Brasil, como a Gelédes, organização que se posiciona em defesa de mulheres e negros, e a ONG Criola, que defende e promove os direitos das mulheres negras.

@islannaofficial


Artistas Vozes Negras

*Joyce Gomes (@_joy.arte) Joyce é artista e educadora, natural de Embu das Artes -SP. Contempla pinturas, desenhos e escritas em sua linguagem artística e usa destes meios para comunicar sua própria história Afro-diaspórica.

*Greicy Kelly (@pretooju) Greicy é de Rio das Ostras, interior do Rio de Janeiro. Seu trabalho usa técnicas de colagem digital, que se aperfeiçoaram e foram criando cada vez mais identidade através das inúmeras criações executadas pela artista durante a pandemia.

*Mitti Mendonça (@mao.negra) Mitti é natural de São Leopoldo-RS. Em 2017, criou o selo Mão Negra, para valorizar o bordado, que circula há 100 anos entre as mulheres de sua família. Na arte, usa as técnicas de bordado, crochê, tapeçaria e ilustração digital. Suas obras abordam as poéticas negras, a memória, o afeto e a ancestralidade.

*Amanda Lobo (@maisdeumlobo) Amanda nasceu em Vila Velha-ES e é artista, ilustradora e estudante de Design. Aos 21 anos produz artes ilustradas por traços e uso de paletas que resultam em uma estética marcante. Compartilha tudo em seu projeto pessoal e aborda temáticas que tangem contextos sociais próximos à artista.

Gostou do post? Nos conte nos comentários e compartilhe com os amigos. Nos acompanhe nas redes sociais:

Me chamo Carla Sabrina sou negra, mãe e candanga. Graduanda de Comunicação Social, na área de Publicidade, consultora de moda e marketing, e influenciadora por paixão.

You Might Also Like

0 comentários